segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

16 alimentos que podem ser tóxicos



A pesquisa realizada pela World Health Organization (WHO) e divulgada em 26 de outubro de 2015 demonstrou que consumir carnes processadas (salsichas, bacon, linguiça, entre outras) aumenta as chances de desenvolver câncer de intestino e carnes vermelhas provavelmente são cancerígenas. As carnes processadas estão no mesmo grupo do que cigarro e fumaça de diesel, que são agentes cancerígenos.

Existem outros alimentos que se consumidos em excesso ou preparados de forma inadequada podem ser perigosos. Intoxicações alimentares são comuns, em geral provocam apenas um desconforto estomacal, entretanto existem casos graves que podem levar à morte.

Veja algumas outras alimentos com grandes chances de te deixar doente ou até matar.



Polvo vivo

A maioria das pessoas preferem comer alimentos cozidos, mas os coreanos não. Polvos vivos são considerados uma iguaria, mas há um inconveniente. Existe grande possibilidade de engasgar, uma vez que as ventosas dos tentáculos podem prender o animal na garganta da pessoa.

© AFP/Getty Images


Baiacu

O Baiacu é o alimento mais perigoso que existe, é proibido em muitas partes do mundo. Chefes no Japão levam anos para aprender como retirar as partes tóxicas do peixe, que são 1200 vezes mais tóxicas do que cianeto. O veneno do peixe, conhecido como tetrodoxina, pode causar dormência, pressão alta e paralisia muscular, o que pode levar à morte em pouco tempo.
© SINOPIX/Rex Features


Mandioca

A mandioca é muito consumida na África e na América do Sul, e deve ser muito bem cozida antes de comer. Caso contrário, a enzima liberada é convertida em cianeto.

elfandarilha© konmesa/Getty Images


Akee

Amada na Jamaica, a fruta só pode ser consumida se estiver totalmente madura e bem preparada. Se consumida antes de amadurecer, poderá causar severos vômitos e até a morte.
elfandarilha© david neil madden/Getty Images


Amendoim

Amendoins são muito bons, desde que a pessoa não seja alérgica. Eles são responsáveis por mais mortes por alergia alimentar do que qualquer outro alimento. 1% da população mundial é alérgica, estatística assustadora.

elfandarilha© FoodPhotography E./the food pa


Leite sem ser preparado

O leite que compramos no supermercado é pasteurizado, mas algumas pessoas preferem tomar leite sem ferver. Os leites que não são pasteurizados são mais propensos a terem bactérias como a salmonella e E. coli.
elfandarilha© Korovin/Getty Images


Rã Africana

Rãs são consideradas deliciosas em grande parte da África, onde as pessoas não comem apenas as pernas. No entanto, eles contém uma substância tóxica que podem levar à insuficiência renal.
elfandarilha© Tatiana Belova/iStock/Getty Images


Absinto

O absinto é uma mistura de absinto, erva-doce e anis doce. O Absinto contém um produto químico chamado tujona que tem propriedades psicoativas. A bebida tem sido responsável por distúrbios sociais, suicídios, tuberculose e em alguns casos epilepsia.

elfandarilha© Adam Berry/Getty Images


Hákarl

Carne de tubarão que é temperada com seus próprios fluidos e depois colocada para secar — é consumida na Groenlândia. O problema é que o animal não tem um sistema de secreção no corpo, portanto, provavelmente as pessoas comem essas substâncias.

elfandarilha© Martin Moos/Getty Images


Moluscos

Mesmo não sendo alérgico a mariscos, convém evitar moluscos. Eles podem desencadear doenças como hepatite A, febre tifoide ou disenteria.

elfandarilha© Steve Burger/Getty Images


Castanha de caju direto do pé

Alérgico ou não a castanhas, nunca coma castanha de caju direto da árvore. O consumo dela crua ou mal cozida não é aconselhável, pois nestes casos ela poderá liberar uma toxina chamada urushiol, que pode até ser letal. Mesmo em pequenas quantidades, pode gerar dermatite ou inflamações na pele.

elfandarilha© kurapy11/Getty Images


Ruibarbo

O caule de ruibarbo é um ingrediente da sobremesa inglesa crumble, é muito consumido e não apresenta qualquer problema. A toxina que pode te matar está presente nas folhas.
elfandarilha© Maximilian Stock Ltd./Getty Images


Mariscos

Se for uma das pessoas que fazem a estatística de alergia ser assustadora, para si mariscos podem ser muito perigosos. Enquanto algumas pessoas sofrem coceiras, inchaços e dor abdominal, outras podem sofrer choque anafilático.
elfandarilha© Artfoliophoto/Getty Images


Sambugueiro

As folhas, galhos, ramos, sementes e raízes contêm um glicosídeo de cianeto de indução. Ingerir qualquer destas peças em quantidade suficiente podem causar uma acumulação tóxica de cianeto no corpo. Devido à possibilidade de intoxicação por cianeto, as crianças devem ser desencorajados a fazer apitos, estilingues ou outros brinquedos de sabugueiro de madeira. Também os "chás de ervas" feito com folhas de sabugueiro devem ser tratados com muita cautela.

elfandarilha© Diane Macdonald/Getty Images


Broto de feijão

O broto de feijão é o habitat perfeito para algumas bactérias como a salmonella por ser cultivado em local escuro e quente. Os brotos foram responsáveis por um surto de bactérias que matou 22 pessoas na Alemanha e deixou centenas de doentes na Europa em 2011.

elfandarilha© ASSOCIATED PRESS


Cogumelos silvestres

Uma das mais mortais toxinas de cogumelos é a alpha-amanitina, que causa danos extremos ao fígado. Coma um pedaço e você provavelmente sentirá muitas dores abdominais e irá vomitar muito.

elfandarilha© PlazacCameraman/Getty Images


O homem come; apenas o homem inteligente sabe comer. 
- Anthelme Brillant-Savarin - (La Physiologie du Goût)


2 comentários:

  1. Boa noite, amiga.
    Polvo vivo? sapo? Não dá pra mim, não rsrs.
    Voltando aos poucos....
    Bjus
    Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, realmente é preciso ter coragem.

      Beijos, bem-vinda.

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.