quarta-feira, 8 de julho de 2015

10 cidades onde se encontra o melhor café


O uso do café nasceu na Etiópia, foi difundido pelo Egito e mundo árabe, onde substituiu o vinho proibido pela religião e se viu espalhado em grande escala, e rapidamente, devidamente à expansão do islamismo. A segunda grande difusão deu-se com os Descobrimentos: um dos apetites que os europeus tinham pelas colônias era o muito rentável café. E o café construiu fortunas e impérios.

O café é a segunda bebida mais consumida no mundo, suplantado apenas pela água. É atualmente a segunda matéria-prima mais importante para as economias em desenvolvimento. A exportação de café para os países desenvolvidos contribui para o crescimento econômico de cerca de 60 países produtores e o seu cultivo garante a subsistência de 100 milhões de pessoas.


Rio de Janeiro - Brasil

O cafezinho está presente na vida dos brasileiros, desde os botecos até os mais requintados restaurantes. O visual do Rio de Janeiro harmoniosamente combina com a charmosa bebida. O centro histórico é repleto de confeitarias de estilo colonial, como a tradicional Colombo, que abriu uma filial no imponente Forte de Copacabana. Entretanto, a maioria das cafetarias estão na zona sul, com a vista privilegiada para os parques e praias da cidade. Algumas sugestões para quem gosta do bom café são o Cafeína, Terzetto Café, Café do Alto e Gringo Café.

elfandarilha© Creative Commons/leandrociuffo/Flickr

Viena - Áustria

Viena tem cafeterias tão tradicionais que foram declaradas Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Sentar em uma cafeteria e apreciar um bom café e conversar é um dos hábitos mais comuns na capital austríaca. Pela cidade encontra-se vários estabelecimentos que traduzem a história do país. Uma das variações mais consumidas é o melange - um café expresso coberto por chantilly e acompanhado de figos secos. Entre as cafetarias de Viena destaca-se entre as muitas a Imperial, Central e Sperl; todas fundadas no século 19.

elfandarilhaCreative Commons/Till F. Teenck

Havana - Cuba

É um dos maiores produtores de café do mundo e um dos lugares melhores para se desfrutar de uma xícara de café é na colorida capital cubana. Para aqueles que gostam de um café bem doce, é o lugar perfeito. Em Cuba é consumido com muito açúcar e em uma dose pequena, para ser tomado em apenas um gole. A principal cafeteria da cidade é a Dulceria Bianchini.

elfandarilha© Shutterstock

Paris - França

Apreciar um bom café em Paris é um acréscimo ao charme da cidade. As cafeterias de Paris estão sempre cheias. A bebida, às vezes é acompanhada com chicória, o que a deixa mais amarga. Entretanto, os cardápios são muito variados e usualmente são consumidos com croissant. Completando o roteiro pode-se tomar um xícara de café com a vista privilegiada para os monumentos como a Torre Eiffel e o 
Museu do Louvre. Café Le Fumoir, o Marly, o Francis e o Café de la Paix são boas pedidas.

elfandarilha© Shutterstock

Roma - Itália 

O café está na vida dos italianos, berço dos famosos cappuccinos (café expresso e leite com toque de chocolate) Roma é a capital nacional da bebida, a cada esquina encontra-se um cafeteria. Algumas intitulam-se até como a melhor do mundo, não apenas da Europa. Podemos encontrar muitas variações: Macchiato (servido com um fio de leite) e Freddo (com açúcar e gelo). As delícias podem ser experimentadas no Gran Caffe la Caffettiera e o Barnum Cafe.

 elfandarilha
© Shutterstock

Adis Abeba - Etiópia

Aqui foi o início de tudo. O café, na Etiópia é muito mais que uma bebida. Protagoniza rituais, além de ser o principal exportador. Tradicionalmente são realizadas cerimônias de café etíope nas casas das pessoas, mas também é possível experimentá-lo em lojas e restaurantes. O rito consistem em acender incensos para começar a produção: os grãos ainda verdes são expostos para os clientes. Em seguida são lavados e torrados em pequenos fornos e depositados em pilões que filtram o pó e derramam a bebida nas xícaras. Os café italianos também são famosos no país. A mais famosa cafetaria é a Tomoca, que dispõe de cinco filiais na cidade.

elfandarilha© Shutterstock

Triângulo do Café - Colômbia

A região turística abriga gigantescos cafezais e disponibiliza ótima estrutura hoteleira para os amantes da bebida. Na região são produzidos os melhores cafés do país - entre os departamento de Risaralda, Quindío e Caldas. Além da tradicional degustação, aos turistas podem circular pelas fazendas e experimentar a culinária local. Em relação ao café brasileiro, o colombiano é mais ralo e suave.

elfandarilha© Shutterstock

Seattle - Estados Unidos

Seattle tem a tradição do consumo popular do café, é o berço da famosa rede Starbucks. Além da rede mundial de cafeterias há também os cafés menos badalados que fornecem a bebida igualmente saborosa. A cidade é também consumidora assídua dos tradicionais expressos e cappuccinos, além de ser o local onde foi inventado o frappuccino. Nos Estados Unidos o café é servido em generosas porções de 500 ml.

elfandarilha© Shutterstock

Londres - Inglaterra

Em Londres, a terra dos chá, além das Starbucks também conta com cafeterias de qualidade que investem em cafés dos mais variados países, entre eles estão os italianos, etíopes e até os brasileiros. Apesar do chá ainda ser o preferido dos londrinos, o chamado "Flat white" - café que consiste em uma dose dupla de expresso com uma camada de leite é também muito pedido na Inglaterra.

elfandarilha© Shutterstock


"Primeiro, café. Depois os planos". Leanna Renee Hieber - 


2 comentários:

  1. Oi Rita, quem não gosta de um cafezinho,né? Muito interessante as informações sobre a Etiópia, a gente só ouve falar da fome nesse pais. Nunca poderia imaginar.
    Grata por compartilhar.
    Bjus
    Ciça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro um cafezinho na parte da manhã.
      Verdade as notícias em relação à Etiópia são sempre negativas, de muito sofrimento e pensar que a segunda bebida mais apreciada do mundo, e que enriqueceu muitos, movimenta a economia de 60 países, teve início lá. Uma pena que atualmente não faça parte dos países que mais beneficiam-se da riqueza do café.

      Bjs

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.