sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Alguns países menos visitados em 2013




Moldávia


elfandarilha


A Moldávia é o único país europeu a integrar a lista dos países menos visitados do mundo. Além de ser o mais pobre, tem também o pior Índice de Desenvolvimento Humano do continente. O seu subsolo não é rico em minério, fazendo com que a economia dependa muito da agricultura, principalmente da produção de frutas, vinho e tabaco. 




Serra Leoa


elfandarilha



Serra Leoa é um dos países mais pobres e violentos do mundo, apresentando altas taxas de mortalidade infantil e analfabetismo. Os 81 mil visitantes em 2013 podem ser explicados pelo fato de o governo local não dar grandes incentivos ao turismo. No entanto, há muitas atrativos interessantes para quem gosta de vivenciar uma cultura diferente: praias, reservas naturais, ilhas e animais raros podem despertar curiosidade. Para ver como a população local é de verdade, a dica é visitar um dos dois mercados mais movimentados da capital Freetown, o King Jimmy Market e o Basket Market, que vendem desde utensílios de cozinha até crânios de macacos.




Timor Leste


elfandarilha


Timor-Leste teve 78 mil visitas em 2013. É outro país da lista que apresenta instabilidades políticas mas, assim como Moldávia, tem lugares intocados que valem a pena ser vistos antes de caírem no radar dos turistas. Lá, é possível fazer escaladas, passeios de bicicleta no meio da natureza e aprender sobre a cultura dos nativos, como as lendas austronésias. Uma delas conta que um crocodilo gigante foi transformado na ilha de Timor, ou Ilha do Crocodilo, como é frequentemente chamada pelos habitantes.





Liechtenstein


elfandarilha



O país, que é a sexta menor nação do mundo em área e o mais rico em termos de PIB, atraiu 60 mil turistas em seu território no ano de 2013. Fazendo fronteira com a Suíça e a Áustria, ele é o único país a estar totalmente nos Alpes. Dessa forma, o lugar é perfeito para escaladas, passeios de bicicleta e esquiar no inverno.





Niue (empatado com Montserrat)


elfandarilha



Além de ter uma das menores frequências de turistas, com a marca de 7 mil visitantes em 2013, Niue tem uma população de apenas 1,4 mil pessoas. Por conta da localização isolada, muitos dos seus habitantes decidem se mudar para a Nova Zelândia, a 2.414 quilômetros de distância. Parte do território do pequeno país é tomado pela área de conservação da floresta Huvalu, o que torna o lugar rico em belezas naturais. Uma curiosidade é que, em 2003, Niue se tornou a primeira nação com internet sem fio livre do mundo!





Monteserrat (empatado)


elfandarilha



Esta ilha das Pequenas Antilhas é um território ultramarino do Reino Unido e já foi um lugar muito popular para as férias. No entanto, depois de uma série de desastres naturais, nunca se recuperou turisticamente. O furacão Hugo, em 1989, atingiu 90% da ilha. Anos mais tarde, em 1995, a localidade foi destruída pela erupção do vulcão Soufrière Hills. Hoje, Montserrat recebe apenas 7 mil turistas anualmente.




Kiribati


elfandarilha



Situado no meio do Pacífico, a cinco horas do Havaí (a civilização mais próxima), o Kiribati só conseguiu atrair 6 mil visitantes no ano passado. Os nativos vivem principalmente da pesca, além da venda de cocos e rimas, um tipo de fruta comum na região. Tem praias belíssimas de água azul turquesa, ideais para a prática de snorkeling, mergulho, pesca e esportes náuticos. Há apenas uma cafeteria e um taxista registrado no país.

Fonte: sapo.pt




* As paisagens insignificantes existem para os grandes paisagistas; as paisagens raras e notáveis são para os pequenos. - Friedrich Nietzsche -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.