sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Mais uma vez o deserto do Atacama está florido


Vales rochosos, planícies áridas rachadas pela seca e calor, extensões de sal habitadas por flamingos cor de rosa, cumes nevados dos vulcões é a imagem que temos do Deserto do Atacama. Graças ao El Niño outra forma de poesia pode ser vista no lugar considerado o mais árido do planeta.

elfandarilhaCrédito da foto: El Guille

elfandarilha© Mario Ruiz 

Quando você chega na entrada para este lugar, um enorme tapete de flores brancas se espalha para além da vista. Branco: uma ilusão. Quanto mais avançamos, mais a cor está mudando. Do branco ao amarelo, de amarelo passa a azul, que finalmente se transforma em tons arroxeados. É o fenômeno climático El Niño, varrendo o litoral do Pacífico a cada seis ou sete anos, traz a chuva necessária para a germinação de bulbos. Se a geada não vier, o "deserto florido" pode durar de setembro a dezembro.
Crédito da foto: Flickr


Crédito da foto: Flickr


O Parque Nacional de Llanos de Challe, perto do deserto de Atacama, a 600 quilômetros da capital Santiago, apresenta um tapete interminável de flores. Mais de 200 espécies estão listadas. "Nossas variedades não crescem em nenhum outro lugar no mundo, quatorze deles estão em perigo. Se os visitantes os arrancarem para levá-los para casa pensando que voltarão a crescer; evidentemente nunca acontecerá. Equivale a remover um tesouro do deserto para nada ", diz um guarda do parque. A estrela do lugar, o "Griffe du Lion", uma flor rara é o ponto culminante do deserto. Uma maravilha da natureza, para preservar.

Crédito da foto: Getty Images


Crédito da foto: Flickr

"A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes." - Khalil Gibran -


6 comentários:

  1. Olá Rita,
    A Natureza é mesmo uma coisa fascinante. Que uma cena dessas possa ser vista num dos desertos mais secos do mundo é de arrepiar.
    O problema é que tudo é um equilíbrio, e se o El Niño faz chover no deserto, faz faltar chuvas do lado de cá.
    Que a gente possa suportar mais um Verão de secas no Brasil, porque não vai ser mole...
    Grande abraço,
    Almir Albuquerque
    Panorâmica Social

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade enquanto floresce no deserto falta água em parte do Brasil e alaga o sul do mesmo.

      Obrigada, um abraço.

      Excluir
  2. Respostas
    1. A natureza sempre pronta a nos surpreender.

      Obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Belíssimas imagens com as quais vc nos presenteou. Obrigada, Rita!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.