terça-feira, 24 de março de 2015

Gafes a evitar em viagens ao exterior


imagem midianews


Em viagem de negócios ou mesmo em férias convém saber algumas regras, evitará constrangimentos. Cada país com sua cultura e quem visita deve evitar as saias justas. Com cuidado e atenção não se envolverá em situações de desconforto e poderá aproveitar o que de melhor esses países tem a oferecer. Já se imaginou comendo pão em como aperitivo antes da refeição na França? Gafe, na certa.

Se cometer um uma gafe é deixar passar, tentar consertar pode ser muito pior.

Colômbia

Falar moça ou moço para as pessoas que atendem você em um café ou um supermercado  é o mesmo que dizer amante.

Os colombianos são fechados quanto ao beijo. Tentar beijar uma mulher durante a noitada pode gerar grandes confusões para o beijoqueiro

Austrália

Atrasar. Pontualidade é básico e espera-se isso de qualquer visitante

Não pagar uma rodada de bebidas para os colegas em um bar. "Se a pessoa for ficar menos tempo que os colegas, deve reivindicar a sua vez de pagar logo no começo da noite”, diz.

China

Cumprimentar com abraços e beijos. Prefira sempre o aperto de mão.

Sair da sala primeiro, após uma reunião com uma comitiva de chineses. Os membros da comitiva devem ter a prioridade para deixar a sala. No protocolo chinês, a precedência é sempre da própria comitiva chinesa.

Deixar as varetas dentro da vasilha de comida e não deixar um só grão no prato. É indicado deixar um pouco de comida para não dar a impressão de que ainda está com fome e as varetas  devem ser apoiadas ao lado da vasilha.

Não vire o peixe se estiver no sul da China ou Hong Kong. Terminar de comer um lado do peixe e virar é como dizer que o barco do pescador vai virar, significa má sorte.

Alemanha

Fazer piadas ou colocações engraçadas em reuniões de negócios. Cuidado com o senso de humor. Em reuniões de negócios não é algo apreciado.

Entrar antes do que as pessoas mais velhas em uma sala de reuniões. No Ocidente, a ordem da precedência é: idosos, mulheres, homens e crianças.

Não acenar a cabeça durante um aperto de mão. É sempre mais gentil olhar para o rosto da pessoa, sorrir e acenar a cabeça ao apertar a sua mão.

França

Não coma seu pão como aperitivo antes da refeição. Coma o pão como acompanhamento de sua comida ou, no final, com queijo. 

Não pedir desculpas por não falar francês. Franceses apreciam muito que se fale o idioma deles.

Apressar um almoço. O ato de comer é valorizado e dedica-se tempo a ele. Almoço de duas horas é comum.

Índia

Não tirar os sapatos, antes de entrar na casa de alguém. Ao entrar também agradeça, pois é bem-vindo.

Dizer não a um convite ou proposta, logo de cara. Prefira expressões como: vou pensar ou consultarei outras pessoas antes.

Pedir carne de boi em refeição ou dar artigos de couro de presente. Bovinos são considerados sagrados no hinduísmo.

Japão

Descuidar do embrulho ao presentear alguém. Japoneses valorizam muito a apresentação do presente porque o que importa é a intenção e não o valor em si. Ao receber um presente, também não destrua a embalagem.

Dizer não, tão logo receba proposta ou convite. No mundo asiático,  não é uma palavra feia e deve ser amenizada com expressões que não mostrem a recusa imediata.

Servir-se de bebida sozinho. A recomendação é esperar que alguém o sirva. "Uns servem saquê aos outros, numa troca de gentilezas. Levante o copo até a altura da boca usando as duas mãos e, antes de beber, faça uma pequena reverência de cabeça para agradecer", recomenda a especialista. 

Deixar comida no prato. Comer tudo o que está no prato indica que a comida é boa, explica Maria Aparecida. Portanto, não deixe restos.

Nova Zelândia

Chegar atrasado a uma reunião. Pontualidade também uma questão essencial de etiqueta por lá.

Falar de negócios em um jantar. Jantares, em geral, são momentos para confraternização.

Reino Unido

Atrasar-se, é imperdoável.

Vestir camisas sociais com bolso. Se a camisa tiver bolso, melhor deixá-lo sempre vazio.

Apostar em contato olho no olho. Olhar as pessoas diretamente nos olhos pode ser invasivo. A regra é olhar para o conjunto do rosto.

Erguer um brinde sem ser a pessoa mais velha da mesa. Vale lembrar que, no mundo empresarial, é a pessoa mais importante na hierarquia quem propõe o brinde.

Na hora de visitar restaurantes na Inglaterra, a regra geral é esperar à entrada até que uma "hostess" indique a mesa onde se sentar. Os menus que ficam do lado de fora do restaurante são para serem consultados - não precisa se envergonhar de olhar os preços antes de entrar.

Estados Unidos

Se você é convidado para um almoço ou jantar, e apareceu um amigo de última hora na sua casa, nem pense em levá-lo junto. 

Dar presentes ou brindes caros a clientes e parceiros de negócios. A norma adotada pela maioria das empresas é o teto de 100 dólares.

Não querer falar de negócios em refeições. Nos Estados Unidos, reunião de negócios pode ser feita em qualquer refeição: café- da-manhã, almoço ou jantar.

Tailândia

Ao comer um prato com arroz, use o garfo apenas para empurrar o alimento para sua colher. E hashis (palitinhos) nem pensar.

No Oriente Médio 

Não toque no prato com a mão esquerda. Ela é utilizada para a limpeza das partes íntimas, nem mesmo documentos devem ser repassados com a mão esquerda.

México

Não use talheres para comer tacos. É desnecessário e considerado esnobe. Equivale a comer hambúrguer com garfo e faça.

Referências: Exame, Viajante.


* O mestre disse: Por natureza, os homens são próximos; a educação é 
que os afasta. - Confúcio -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo