terça-feira, 27 de janeiro de 2015

A praga da corrupção


elfandarilha


A corrupção nos governos é definida como o abuso do poder público em benefício pessoal. E isso não é de agora. É claro que a corrupção envolve mais do que aceitar suborno. Autoridades corruptas às vezes tomam posse de bens, desviam verbas e tiram vantagem de serviços aos quais não tem direito. Essas autoridades talvez usem sua posição para favorecer amigos e parentes.

Embora possa existir corrupção em qualquer organização, pelo visto a corrupção nos governos é a pior. O Barômetro Global da Corrupção de 2013, divulgado pela organização Transparência Internacional, mostra que pessoas do mundo todo acham que partidos políticos, polícia, autoridades públicas e os poderes legislativo e judiciário são as instituições mais corruptas. Note os seguintes fatos:

África: Em 2013, mais de 20 mil funcionários públicos na África do Sul foram acusados de envolvimento em atividades ilegais.

América do Sul: Em 2013, no Brasil, 25 pessoas foram condenadas por usar dinheiro público para conseguir apoio político. Entre elas estava o ex-ministro da Casa Civil, o segundo homem mais poderoso do país.

Ásia: Em 1995, na cidade de Seul, Coreia do Sul, 502 pessoas morreram no desabamento de um shopping. Investigadores descobriram que autoridades receberam propina para permitir que os empreiteiros usassem concreto de qualidade inferior e desconsiderassem normas de segurança..

Europa: "O grau de corrupção na Europa é assustador", disse Cecilia Malmström, enquanto Comissária para os Assuntos Internos na Comissão Europeia,  Comissária Europeu do Comércio, ainda acrescentou que "Parece que não há um verdadeiro esforço dos políticos para acabar com a corrupção.

É muito difícil acabar com a corrupção no governo. Susan Rose-Ackerman, professora de jurisprudência e especialista em anticorrupção, escreveu que uma reforma exigiria uma "mudança fundamental na maneira de governar". 

O que leva à corrupção

Poder?
Os governos são mantidos com pagamentos de taxas e impostos pagos pelos cidadãos. Todo esse dinheiro faz com que as autoridades se sintam tentadas a roubar. Já outras autoridades aceitam suborno daqueles que querem sonegar impostos, isso se transforma num círculo vicioso - o governo aumenta os impostos para cobrir as perdas, e isso por sua vez resulta em mais  corrupção. No final as pessoas honestam são as que mais sofrem.

Governante?
O esforço para acabar com a corrupção "deve começar de cima" diz Susan Rose-Ackerman.Os governantes perdem a credibilidade quando tentam acabar com a corrupção entre policiais ou fiscais, mas não permitem entre autoridades, em cargos mais elevados.

Estabilidade?
Na teoria, as eleições realizadas em muitos países dão às pessoas a chance de tirar as autoridades corruptas do poder. Mas, na prática, campanhas políticas e eleições tendem a ser corruptas, mesmo nos chamados países desenvolvidos. Por meio de contribuições para campanhas e outras estratégias, o rico pode influenciar quem está no governo ou quem governará.
O juiz John Paul Stevens, da suprema Corte dos Estados Unidos, disse que essa influência ameaça "não só a legitimidade e a qualidade do governo, mas também a confiança que o público tem nele".Não é à toa que muitas pessoas no mundo todo acham que os partidos políticos são as instituições mais corruptas.

Leis?
Talvez pensemos que novas leis possam resolver o problema. No entanto, especialistas tem percebido que, quanto mais leis são criadas, maiores são as brechas para a corrupção. Além disso, as leis criadas para reduzir a corrupção muitas vezes têm um custo elevado e dão poucos resultados.

Motivação?
A corrupção é motivada pela ganância e pelo egoísmo. Pessoas e autoridades muitas vezes têm essas características. no caso do desmoronamento do shopping de Seul, autoridades do governo tinham aceitado suborno.Falta aos governos a vontade e a capacidade para criar um programa educacional que ensine as pessoas a vencer a ganância e o egoísmo.

Súditos?
Uma pessoa talvez escolha ser desonesta e corrupta mesmo que receba a melhor educação e viva num ambiente sem corrupção. Esse é um dos motivos pelos quais a corrupção torna-se mais difícil de ser combatida.

Fonte: JW.org



 * A política sem ética é uma chocadeira de corruptos. 
- Miral Pereira dos Santos -


2 comentários:

  1. nfelizmente não acredito que isto vai ter um fim.

    Uma pena.

    Abraço.
    Andreia
    http://detransimulado.blogspot.com.br/
    http://www.calculoimc.net.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.