quarta-feira, 2 de maio de 2018

Um designer único: vestidos de sonho em ... papel


Em seu livro O espírito das Roupas, a autora coloca sem nenhum constrangimento, roupa, escultura e pintura em um mesmo patamar. Ela descreve com sensibilidade como o criador da veste teria com a matéria uma relação artística, e como o vestido, em particular, seria também uma obra de arte.
Seja qual for a época a que se faça referência, fechado em seu estúdio, ao criar um modelo, estaria resolvendo problemas de volumes, de linhas, de cores, de rítmos.

Vestidos de sonho ou divertidos, vestidos curtos ou longos, todos feitos de papel. A figurinista Olivia Mears, conhecida na web como @avantgeek, escolheu este material para suas incríveis criações. Para alguns ele usou papel de presente reciclado, para outros até rótulos de garrafas ou cartões: o resultado deixa-nos sem palavras.
Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek


Elfandarilha
© avantgeek

"A minha é a mais bela profissão da moda: fazer os outros felizes com uma ideia". 
- Hubert Taffin de Givenchy -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo