quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Poderosos da história, eles também tinham medos


Eles eram poderosos na história do mundo, famosos por séculos por sua dedicação no comando e, em muitos casos pela sua brutalidade na guerra e por terem destruidos populações inteiras. Mas como hoje revela 'Listverse', eles também foram vítimas de fobias, medo ou mesmo terror.

Pedro, o Grande

Pedro, o Grande, tinha dois grandes medos: um de baratas (ele não podia ficar em uma sala onde havia o animal) e de lugares muito espaçosos. Fez cobrir os quartos de teto alto com longas cortinas. Uma espécie de cobertor de segurança para um dos governantes mais importantes da história do país.
elfandarilha
© Wikimedia Commons/Domínio público

Franklin Delano Roosevelt

O Presidente nº 32 dos Estados Unidos Franklin Delano Roosevelt, por exemplo, foi traumatizado por ver a tia Laura escapar de um incêndio com as roupas em chamas. Desde então, o medo do fogo o acompanhou durante toda sua vida, que terminou afirmando nunca dormir no quarto com a porta fechada.
elfandarilha
© AP

Genghis Khan

O líder das tribos mongóis foi um dos maiores conquistadores da história, tendo conquistado grande parte da Ásia Central, China, Rússia, Pérsia, o Oriente Médio e chegando à Europa Oriental. Mas foi cheio de fobias. Cães (especialmente selvagens da Mongólia), tinha medo que sua mãe e esposa fossem atacadas.
elfandarilha
© AP

Henrique VIII de Inglaterra

Foi um dos governantes que mais marcaram a história da Inglaterra, desde a fundação da Igreja Anglicana, mas também foi um dos primeiros grandes hipocondríacos da história. Seu terror para doenças foram causados durante a praga de 1528, dormia cada noite em uma casa diferente. E o fazia uma noite com a rainha outra com sua amante, Anna Bolena ...
elfandarilha
© Getty Images

Ottaviano Augusto

E o que dizer Ottaviano Augusto? Foi o primeiro imperador de Roma, mas estava cheio de fobias. O primeiro foi um medo banal, da escuridão, de acordo com o historiador Suetônio Augustus fato de que ele usou para se refugiar em um cofre cheio de velas quando o mau tempo era iminente em Roma. Porque em um cofre? Porque na tribuna poderia cair um raio, depois dele ter batido em um escravo. E contra a ira de Júpiter tinha com ele um pedaço de pele de foca como um amuleto.
elfandarilha
© Getty Images

Kim Jong-il

O ditador norte-coreano, tinha pavor de vôos. Foi vítima de um acidente de helicóptero em 1976 e testemunhou a explosão em pleno ar de um avião que matou 17 pessoas. Quando tinha que ir à União Soviética ou a países do Leste Europeu fazia a viagem de trem.
elfandarilha
© AP Photo / Vincent Yu, Arquivo)

Muammar Gaddafi

Problemas também com aeronaves para o líder líbio: WikiLeaks revelou que o coronel recusou-se a voar sobre o mar aberto por mais de 8 horas. Por esta razão foram estudadas durante suas viagens rotas alternativas, como uma escala em Portugal por ocasião de uma viagem aos Estados Unidos.
elfandarilha
© Getty Images

Winston Churchill

O primeiro-ministro da Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial teve problemas para expressar-se em público. Foi, de fato medo de multidões, mas graças à longa trava-língua exercida durante várias semanas foi capaz de superar essa fobia e tornou-se um dos maiores oradores do século XX.
elfandarilha
© Pinterest

Heráclio

O Imperador bizantino tinha fobia de água. Alguns achados arqueológicos confirmaram que o homem capaz de derrotar os persas no século VII tinha de fato sua morte profetizada por afogamento.
elfandarilha
©https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/54/Cherub_plaque_Louvre_MRR245.jpg/1920px-Che ...

Adolf Hitler

Mesmo o Fuhrer, criador de uma das páginas mais negras da história humana, teve suas fraquezas como revelado no livro "O dentista do diabo", em 2009, na verdade, o chanceler do Terceiro Reich amou doces, mas ele tinha um verdadeiro terror a dentistas. Como resultado sofria de uma série de problemas de saúde bucal e tinha "um mau hálito horrível, dentes amarelados, abcessos e doenças gengivais."
elfandarilha
© Pinterest

Fonte: MSN

"O medo é o pai da moralidade." - Friedrich Nietzsche -



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo