quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Reconhecer rostos em coisas


Pelo menos uma vez em sua vida aconteceu a cada um de nós reconhecer certos objetos, ou mesmo na forma momentânea eles assumiram a forma de um rosto. A experiência curiosa é mais comum do que se poderia pensar tanto assim que um grupo de pesquisadores da Universidade de Milano Bicocca dedicou um estudo especial a este fenômeno incomum e divertido. O estudo, coordenado pela Pofessora Alice Mado Professor e a Drª. Jessica Galli, contou com a participação de 26 estudantes universitários: a 13 homens e 13 mulheres foram apresentadas imagens e eles diriam se reconheciam rostos humanos sendo que os objetos em questão não tinha ligações com a semelhança de um rosto.

E a surpreendente descoberta da pesquisa é que as mulheres são melhores e mais rápidos em reconhecer a forma humana nas coisas que os homens. Este estudo, que mostra que o cérebro feminino é mais propenso a antropomorfizar objetos do que os homens. O estudo foi publicado na revista "Cognitive Social e Affective Neuroscience" da Oxford University Press.

Elfandarilha
© Pulptastic

elfandarilha
© Pulptastic

elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

Elfandarilha
© Pulptastic

"Todo o grande artista amolda a arte à sua imagem." - Victor Hugo-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo