domingo, 31 de julho de 2016

O top 10 das mulheres mais poderosas de 2016


A Revista Forbes divulgou a lista das mulheres mais poderosas. Inclui algumas da mulheres mais influentes, desde políticas à empresas.

Em 2016, mais uma vez Angela Merkel é a mulher mais poderosa do mundo. A política lidera a maior economia da União Europeia e está à frente das decisões políticas e econômicas na zona euro, junto com o presidente francês François Hollande. Desde o ano de 2015 a Chanceler tem tido grande participação e tem tomado decisões agora já contestadas em relação ao recebimento de grande número de refugiados.


"Se há uma única líder capaz de enfrentar desafios econômicos e políticos existenciais para a União Europeia, do centro às extremidades, essa líder é a chanceler alemã Angela Merkel", escreve a revista americana no perfil da primeira colocada

1. Angela Merkel, Chanceler, Alemanha

No topo da lista está a mulher mais poderosa, chanceler alemã que liderou o país durante a recessão.
© Sean Gallup/Getty Images


2. Hillary Clinton, Candidata Presidencial, EUA

A candidata presidencial pelo Partido Democrata será a primeira mulher presidente dos Estados Unidos se for eleita.
© Brendan Smialowski/AFP/Getty Images


3. Janet Yellen, Presidente Reserva Federal, EUA

Foi presidente do Banco de Reserva Federal de São Francisco. Em Dezembro de 2015 aumentou as taxas de juro pela primeira vez desde 2006.
© Alex Wong/Getty Images


4. Melinda Gates, CEO Fundação Bill & Melinda Gates, EUA

Melinda Gates está neste momento focada numa iniciativa de 80 milhões de dólares com o objetivo de obter dados importantes sobre mulheres em países em desenvolvimento.
© Bryan Bedder/Getty Images for Helen Keller In


5. Mary Barra, CEO General Motors, EUA

A primeira mulher a liderar uma multinacional do ramo automóvel, levou a empresa a alcançar nives históricos de lucros em 2015.
© Bill Pugliano/Getty Images


6. Christine Lagarde, Diretora Geral IMF, França

A antiga ministra das Finanças de França foi a primeira mulher a ocupar um cargo a este nível num país dos G8.
© Jacky NaegelenReuters


7. Sheryl Sandberg, COO Facebook, EUA

Desde que se tornou diretora de operações desta rede social Sheryl Sandberg ajudou a que as receitas do Facebook aumentassem 66 vezes.
© CNBC/NBCU Photo Bank via Getty Images


8. Susan Wojcicki, CEO YouTube, EUA

Em 10 anos Susan Wojcicki transformou a empresa na maior plataforma de streaming de vídeo que vale agora 70 bilhões de dólares.
© Jason Alden/Bloomberg


9. Meg Whitman, CEO HP, EUA

Meg Whitman liderou a eBay e preside agora a Hewlett Packard (HP).
© Jacob Kepler/Bloomberg


10. Ana Patricia Botín, CEO Banco Santander, Espanha

Uma das banqueiras mais poderosas do mundo e a primeira mulher a liderar o maior banco da zona Euro.
© Simon Dawson/Bloomberg


"O segredo do nosso sucesso é que nós nunca, nunca desistimos." 
- Wilma Mankiller -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo