quinta-feira, 28 de julho de 2016

9 estádios de futebol surpreendentes


O futebol vem cada vez mais se tornando um esporte popular em vários países sem muita tradição neste esporte. Esta é uma tendência mundial. E, para descrevê-lo por completo já não há quem o faça, tamanha é a informação existente sobre o assunto. 


Para se jogar futebol precisa-se de poucos recursos e equipamentos, uma bola e uma área plana (ou nem isso). O futebol se joga num campo de grama natural ou sintética de forma retangular. Mas vemos, inclusive campos de futebol em terra batida pelo mundo.

A atividade mais antiga que se assemelha ao futebol moderno da qual se tem conhecimento data dos séculos III e II a. C. Estes dados são baseados em um manual de exercícios correspondentes à dinastia Han da antiga China. O jogo era chamado ts'uh Kúh (cuju), e consistia em lançar uma bola com os pés para uma pequena rede.

No século século XIX surgiram as primeiras regras.

A primeira tentativa foi em 1848, quando na Universidade de Cambridge, Henry de Winton e John Charles Thring convocaram membros de outras escolas para regulamentar um código de regras, o Código Cambridge, também conhecido como as Regras de Cambridge. As regras tinham uma semelhança significativa com relação as regras do futebol atual.

Primeiros eventos.

Já com as regras do futebol bem definidas, começou-se a disputar os primeiros jogos e torneios com esta nova modalidade. Em 30 de novembro de 1872, Escócia e Inglaterra disputaram a primeira partida oficial entre seleções nacionais, jogo que acabou num empate sem gols. A partida foi disputada no Hamilton Crescent, atual campo de críquete, em Partick, Escócia. Entre janeiro de março de 1884 foi disputada a primeira edição do British Home Championship, que até seu fim foi o torneio entre seleções mais antigo da história. O primeiro título foi ganho pela Escócia.

O auge do futebol a nível mundial motivou a criação da FIFA em 21 de maio de 1904. As associações fundadoras foram as da Bélgica, da Espanha, Dinamarca, França, Países Baixos, Suécia e Suíça.

A Primeira Guerra Mundial fez atrasar o desenvolvimento do futebol, mas as edições de 1924 e 1928 dos Jogos Olímpicos revitalizaram o desporto, particularmente as atuações da seleção uruguaia.
A Segunda Guerra Mundial teve efeito similar à primeira guerra.

A segunda metade do século XX foi a época de maior crescimento do futebol.

Segundo uma pesquisa realizada pela FIFA no ano de 2006, aproximadamente 270 milhões de pessoas no mundo estavam ativamente envolvidos no futebol, incluindo jogadores, árbitros e diretores. Destas, 265 milhões jogavam regularmente de maneira profissional, semi-profissional ou amadora, considerando tanto a homens, mulheres, jovens e crianças.

O futebol desempenha papel de solidariedade e de cultura. Um dos institutos que promovem o futebol como cultura a nível mundial é o Instituto Goethe, que realizou exposições pelo mundo cujos temas eram o futebol.

Uma das principais contribuições da FIFA ao desenvolvimento do esporte em áreas onde tal fato é dificultado pela falta de materiais e técnicas de desenvolvimento é o Programa Goal. A FIFA também trabalha com o UNICEF desde 1999.

The Float at Marina Bay, Singapura

A Marina Bay é o maior palco flutuante do mundo. Construído em 2007, goza de uma capacidade de 30.000 lugares e ao longo dos anos tem acolhido inúmeros eventos.

 title=
© Instagram

Adidas Futsal Park - Tokio, Japão

Está no telhado do shopping Tokyu Toyoko, perto da estação de Shibuya. Construído no Mundial da Coreia e Japão (2002) e foi inaugurado em 2001, o campo pode ser contratado.
 title=
© Instagram

Campo Galleggiante - Ko Panyi, Tailândia

Ko Panyi é uma vila de pescadores no sul da Tailândia. A paixão pelo futebol veio até aqui, tanto assim que as instituições locais para instalar esta plataforma de água que descansa em postes ancorados no fundo do mar. As dimensões são de apenas 16x25m mas tornou-se uma atração para os turistas que passam por aqui.
 title=
© Instagram

Eidi Stadium-Streymnes, Ilhas Faroé

O Estádio Eidi é considerada um dos mais marcantes do planeta. Situa-se entre as Montanhas Rochosas e do mar e abriga os jogos das equipes semi-profissionais locais. Não existe arquibancada: os espectadores são obrigados a assistir aos jogos em pé ao longo do perímetro do campo. Esperando que a bola não acabe no oceano.
 title=
© Erik Christensen, Porkeri/Commons

Henningsvaer Stadion - Lofoten Islands, Noruega

O palco das pequenas ilhas de Lofoten, norte da Noruega, está situado entre as rochas. Umestádio que desafia a natureza impermeável desse lugar.
 title=
© Instagram

Quadra de saibro - Tasiilaq, Groenlândia

Vista deslumbrante para a pequena Tasiilaq, de pouco mais de 2.000 habitantes, na costa sul da Groenlândia. O futebol é uma paixão por estas bandas, e quando a neve e o gelo não faz impraticável o campo, faz a alegria dos moradores. Um lindo cartão postal.
 title=
© Instagram

Ottmar Hitzfeld Stadium - Gspon, Suiça

Gspon está localizado no coração dos Alpes suíços. Construído em mais de 2.000m acima do nível do mar, o estádio do FC Gspon é o mais alto na Europa e só pode ser alcançado por teleférico.
 title=
© Instagram

Stadio Olímpico Hernando Siles - La Paz, Bolívia

O Estádio de La Paz, localizado na 3.637m de altitude, é o segundo mais alto do mundo. Pode acomodar 42.000 espectadores, além da sorte de alguns que podem apreciar o show dos altos edifícios que rodeiam a bacia boliviana.
 title=
© Instagram

Stadio - Cerro de Pasco, Perú

O teto do mundo, em termos de estádios, está no coração do Peru. Na cidade de Cerro de Pasco, 70.000 habitantes empoleirados nos Andes, está localizado 4.380m acima do nível do mar e pode acomodar 8.000 espectadores.
 title=
© Instagram


Referências: MSN, Wikipédia, InfoEscola


"Não existe gol feio no futebol: feio é não fazer gol." - Dario, centroavante -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.