domingo, 27 de março de 2016

9 cidades onde são permitidos os cadeados do amor


Cadeados do amor começaram a aparecer nas cidades europeias, não se sabe ao certo quando, em Paris a Pont des Arts foi uma das escolhidas, uma passarela cruzando o rio Sena, junto ao museu Louvre. Em 2015 a Câmara municipal decidiu retirar os cadeados, eram 45 toneladas "de amor", muito para apenas uma ponte.


De Paris a Varsóvia, Seul ao Chile, a mania continua.


Distrito de Wilanów, Varsóvia, Polônia 

Algumas cidades como Varsóvia, na Polônia, incentivam a prática de colocar cadeados em suas pontes e até criam espaços específicos para isso. É o que acontece com a Ponte de Wilanow que foi construída com o propósito de abrigar cadeados do amor. Até o arco da ponte é em forma de coração.
elfandarilha© Janek Skarzynski/AFP

PONTE LUZHKOV - Moscou, Rússia

Os cadeados são pendurados em árvores de metal espalhadas pela ponte, que fica em Moscou, próxima à Catedral de Cristo Salvador. O local é a parada obrigatória para casais apaixonados e também já foi palco de vários pedidos de casamento.

elfandarilha© tripadvisor


FONTE DOS CADEADOS - Montevidéu, Uruguai

A Fuente de Los Candados (ou a Fonte dos Cadeados), no Uruguai, sela o amor dos apaixonados servindo de depósito para centenas de cadeados escritos com nomes dos casais. O local virou ponto turístico para quem visita Montevidéu e celebra o amor na cidade.
elfandarilha© Flickr


CASA DE JULIETA - Verona, Itália

O local, em Verona, na Itália, é mundialmente famoso pela obra de Shakespeare, afinal, como o próprio nome diz, era local de moradia e morte de Julieta. Os muros que cercam a casa são enfeitados com cartas de amor que os visitantes deixam ao passar pela viela – prática que foi incentivada pelo filme “Cartas para Julieta”. Mas, além disso, o local abriga cadeados do amor, deixados por casais apaixonados.
 title=© Pinterest


N SEUL TOWER, Seul, Coréia do Sul

No terraço do N Seul Tower, um espaço cultural localizado na montanha que é o ponto mais alto da cidade, há cadeados do amor até nas árvores. A mania dos apaixonados começou quando os protagonistas de um programa de TV colocaram dois cadeados na varanda da torre como símbolo de seu amor.
elfandarilha© Kim Hong-Ji/Reuters


PONTE RAKKAUDEN SILTA, Helsinque, Finlândia

Helsínquia, aprovou leis em 2010, permitindo lovelocks nas cidades pontes; uma grande vitória para os amantes e appreciatiors Lovelock.
elfandarilha© bittenbythetravelbug.com


MONTE HUANG, Huangshan, China

Existem diferentes histórias sobre a origem dos cadeados na montagem Huangshan - alguns dizem que é relacionada a uma figura do folclore chinês, Yue-Laou (uma espécie de santo padroeiro de amor e casamento), enquanto outros afirmam que é inspirado por uma verdadeira história de amantes proibidos que saltou para a morte do monte, de mãos dadas.
elfandarilha© chinaodysseytours


PONTE CONDELL, Santiago, Chile

A ponte atravessa o rio Mapocho e, apesar de recente, o hábito de prender cadeados ali já chamaà atenção. Os cadeados são retirados de tempos em tempos para evitar problemas na estrutura da ponte.
elfandarilha© Sasha’s Photos


Ponte Carlos (Karlův), Praga, República Tcheca

Com suas torres e estátuas barrocas, a Ponte Carlos (Karlův), é um dos lugares onde casais deixam cadeados na capital tcheca. Construída em 1357, a ponte é uma das mais antigas na Europa Central.
elfandarilha© Michal Cizek/AFP


"O amor pode nos levar ao inferno ou ao paraíso, mas sempre nos leva a 
algum lugar." - Paulo Coelho -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.