sábado, 19 de setembro de 2015

Países pequenos que podem ser visitados em um dia


Há lugares que, mesmo pequenos, tem tantas cidades interessantes que merecem ser explorados pelo menos uma vez na vida. Ao redor do mundo há países que reservam atrações incríveis e podem ser vistos em apenas um dia. Como eles têm áreas que chegam a ser menores que vilarejos, são facilmente percorridos em pouco tempo.

Mônaco

É uma cidade-estado soberana, situado no sul da França. É independente desde o século 15, mesmo tendo apenas 1,95 km². Banhado pelo Mar Mediterrâneo, o destino é uma das principais escolhas de artistas e milionários para as férias de verão, já que reserva muitos serviços de luxo e paisagens belíssimas. Apesar de ter uma pequeno território, Mônaco tem a maior densidade populacional da Europa, com mais de 16 mil habitantes por quilômetro quadrado; e tem a menor taxa de desemprego do mundo, que é próxima de 0%.
 title=© Shutterstock


Gibratar

É um território britânico ultramarino localizado no extremo sul da Península Ibérica. Corresponde a uma pequena península, com uma estreita fronteira terrestre a norte, é limitado, dos outros lados, pelo Mar Mediterrâneo, Estreito de Gibraltar e Baía de Gibraltar, já no Atlântico. Cerca de 30 mil pessoas moram em Gibraltar. Sua principal atração é a natureza e, para ter um visual panorâmico da região, o teleférico que vai até o topo da pedra símbolo do local é a sugestão.
 title=© Shutterstock


San Marino

Seu tamanho é de apenas 61 km² com uma população estimada em 30 000 habitantes. Sua capital é a Cidade de San Marino. O microestado fica dentro da Itália, envolto pela região da Emília Romana. O destino foi construído em cima de um morro pelo Império Romano, no ano 301 e ganhou o título, em 1600, de "O Estado Soberano mais antigo do mundo". As construções históricas são as principais atrações.
 title=© Shutterstock


Vaticano

É a sede da Igreja Católica e uma cidade-Estado soberana, que existe desde 1929, sem costa marítima cujo território consiste de um enclave murado dentro da cidade de Roma, capital da Itália. Com aproximadamente 0,44 km² e com uma população de pouco mais de 800 habitantes. O Vaticano é o menor estado independente do mundo. Tem como principais atrações do Museu do Vaticano, A Basília de São Pedro e a Capela Sistina.
 title=© Shutterstock


Ilha de Man

Em meio ao Mar da Irlanda fica a ilha, que é um território britânico autônomo. Quem visita o local conhecerá ruínas vikings, o imponente castelo Peel, fortalezas celtas e igrejas de pedra. Tem cerca de 48 km de comprimento e entre 13 e 24 km de largura, com uma área de 572 km² e cerca de 84 mil habitantes.
 title=© Shutterstock


Andorra

Localizado na Cordilheira dos Pirineus, entre a Espanha e a França.Tem 468 km², população de aproximadamente 72 mil habitantes. A população de Andorra está listada como tendo a maior expectativa de vida do mundo, com média de 83,52 anos, dados de 2007. Por estar cercado de montanhas, o lugar é muito procurado durante o inverno para a prática de esportes de neve. Outro destaque é que o destino é um paraíso fiscal, tendo preços mais baratos de vários produtos.
 title=© Shutterstock


Liechtenstein

Localizado no centro da Europa, encravado nos Alpes entre a Áustria, a leste, e a Suíça a oeste. Pouco mais de 34 mil habitantes moram nos seus 160 km². O Liechtestein tem uma superfície cerca de 576 vezes menor que a de Portugal; é 53218 vezes menor que o Brasil.

É governado pela família real, que mora em um castelo que fica no topo de uma montanha da capital, Vaduz. O cenário é de conto de fadas. Além de ter construções históricas, o destino é muito procurado durante o inverno, já que fica no meio dos Alpes.
 title=© Shutterstock


Macau

Macau foi colonizada e administrada por Portugal durante mais de 400 anos e é considerada o primeiro entreposto, bem como a última colônia europeia na Ásia. Atualmente, o destino é uma "Região Administrativa Especial Chinesa" e seu centro histórico tem o título de Patrimônio Mundial da Unesco. Sua pequena área de 30,3 km² e cerca de 640 700 habitantes, representa um dos lugares mais visitados do mundo, recebendo mais de 14,3 milhões de turistas por ano.
 title=© Shutterstock


Qatar

É um país árabe, conhecido oficialmente como um emirado do Oriente Médio, ocupando a pequena Península do Qatar na costa nordeste da Península Arábica. Foi um protetorado britânico até ganhar a independência em 1971. Desde então, tornou-se um dos estados mais ricos da região, devido às receitas oriundas do petróleo e do gás natural.

Apesar de ter uma área de 11 mil km², somente um pequeno pedaço do território do Qatar é habitado e resto é ocupado por grandes desertos. A capital, Doha, tem paisagem vertical, com muitos arranha-céus. Ela vai ser a sede da Copa do Mundo de 2022 e reserva atrações como o Museu de Arte Islâmica e o Golfo Persa.
 title=© Shutterstock


Ilhas Malvinas

O arquipélago, que é um território britânico ultramarino, tem um governo independente, uma área de cerca de 12 mil km² e fica em meio ao Oceano Atlântico, perto da Patagônia, na América do Sul. Seus principais moradores não são pessoas, e sim, animais. A população de cerca de 2.932 é constituída principalmente por nativos das ilhas, a maioria de ascendência britânica. A região abriga centenas de espécies de fauna e flora, sendo algumas delas exóticas. Há muitos pinguins e aves no local.
 title=© Shutterstock


“As nações são todas mistérios. Cada uma é todo o mundo a sós.” 
- Fernando Pessoa -


2 comentários:

  1. Andorra me atrai muito. De todos estes é o que mais me atrai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Milu

      A expectativa de vida em Andorra é algo ...

      Obrigada

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo