quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Excêntricos e acredite, são templos


A arquitetura religiosa é variada, rica e com características que variam conforme os tempos, os lugares e as crenças.
Existem lugares em que a experiência místico-religiosa se dá em um acidente geográfico (rio, monte, lago, gruta). Há também destinos que servem à peregrinação e festividades.



Ta Prohm - Siem Reap, Camboja

É o nome moderno de um dos templos de Angkor, na Província de Siem Reap, no Camboja. Construído no estilo Bayon no final do século XII e início do século XIII, e originalmente chamado Rajavihara. É um dos mais impressionantes do planeta, cuja beleza está nas grandes raízes de árvores crescidas sobre a estrutura. O templo de Ta Prohm foi usado como um local no filme Tomb Raider, estrelado por Angelina Jolie (2001). Embora o filme também usou visuais de outros templos de Angkor, as cenas filmadas em Ta Prohm foram bastante fiéis à aparência real do templo.
Elfandarilha© Creative Commons/Diego Delso

Templo On Banna - Pali, Índia

É um santuário localizado no distrito de Pali perto de Jodhpur, Índia, dedicado a uma divindade na forma de uma motocicleta. Em 1988, Om Singh Rathore, o On Banna, morreu ao perder o controle de sua Royal Enfield e bater em uma árvore. A polícia levou o veículo à delegacia e, no dia seguinte, a moto foi vista no local do acidente. As autoridades voltaram para resgatá-la novamente, esvazariam o tanque e ela surgiu mais uma vez no lugar da batida. Passou a ser visto como um milagre pela população local, que mais tarde construíram um templo para adorá-lo.Acreditam que o espírito de Om Banna ajuda viajantes em dificuldades. O templo inclui uma árvore ornamentado com ofertas de pulseiras, lenços e corda.
elfandarilha© Wikipedia Commons/Sentiments777




Swayambhunath - Kathmandu, Nepal

É um complexo religioso, budista e também hindu, situado no cimo de uma colina no vale de Catmandu. Mais conhecido como "Templo dos Macacos", devido à existência de uma colônia de macacos considerados sagrados que vive na parte noroeste do complexo. Este santuário está incluído na lista de Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco com outros monumentos do Vale de Katmandu. Com o terremoto que atingiu o país em 2015, o lugar ficou parcialmente destruído.
elfandarilha© Shutterstock




Batu Caves - Gombak, Malásia

A enorme formação calcária, de cerca de 400 milhões de anos, são muito mais do que grutas naturais magníficas. Um local sagrado para os hindus, localizado a 13 quilômetros de Kuala Lumpur, a cavidade principal abriga um dos maiores centros de adoração hindu fora da India. À frente do templo encontra-se uma estátua dourada do deus Muragan e uma enorme escadaria, frequentada por macacos que incomodam e roubam as sacolas dos visitantes.
elfandarilha© Shutterstock



Wat Rong Khun - Chiang Rai, Tailândia

Ao mesmo tempo belo e perturbador, o popularmente conhecido "Templo Branco" é uma das atrações turísticas mais famosas do norte da Tailândia. Ele é diferente de qualquer outro no mundo, a começar pelo caminho para a entrada, onde esculturas assustadoras de mãos recebem os visitantes.Dentro do templo, a decoração se move rapidamente de branco imaculado para ardente e desconcertante. Murais retratam turbilhão chamas alaranjadas intercaladas com ídolos ocidentais, como Michael Jackson, Neo de Matrix, Freddy Kruger e Kung Fu Panda. Imagens da guerra nuclear, ataques terroristas, e bombas de petróleo demonstram o impacto destrutivo que os humanos tiveram na terra. A presença de Harry Potter, Superman, e Hello Kitty confunde a mensagem um pouco.
 elfandarilha© Creative Commons/JJ Harrison



Templo dos Tigres - Saiyok, Tailândia 

Situado no oeste da Tailândia, na província de Kanchanabur, este templo, oficialmente chamado Wat Pha Luang Ta Bua, começou a criar tigres quando concordou em tomar conta de sete tigres-de-bengala apreendidos em 2001. Atualmente o Templo dos Tigres sobrevive graças ao dinheiro dos turistas. Este templo budista foi acusado de drogar animais para mantê-los calmos. Inspeção feita por 50 fiscais concluiu que tigres não sofriam de abusos.
elfandarilha
© AP Photo/Sakchai Lalit


Templo de Takeinadane-mikoto - Kawasaki, Japão

O Kanamara Matsuri ("Festival do Falo de Aço") é realizado todos os anos no primeiro domingo de abril na cidade de Kawasaki. Dizem que tudo começou na Era Edo (1604-1868), por causa das prostitutas que faziam orações, pedindo prosperidade nos negócios e proteção das doenças sexualmente transmissíveis. Com o tempo, a celebração passou a atrair também visitantes que rezavam por filhos saudáveis e harmonia no casamento. Uma escultura fálica gigante, na cor rosa é colocada em um altar e transportada pelos participantes até o templo de Takeinadane-mikoto, considerada a deusa da fertilidade.
elfandarilha© Getty Images



Templo da Pedra Dourada - Thaton, Mianmar

Conhecido como Pagode da Rocha Dourada, o Pagode de Kyaikhtiyo fica em cima de uma rocha de granito de mais de 600 toneladas coberta por folhas de ouro colocadas pelos peregrinos ao longo dos anos. Acredita-se que a pedra esteja lá há mais de 2,5 mil anos.
Há quem afirme que a posição da rocha, desafiando a gravidade, inspira muitos visitantes a se converterem ao budismo. Apenas os homens estão autorizados a tocá-la.
elfandarilha© Soe Zeya Tun/Reuters)



Templo de Kama Sutra - Khajuraho, Índia

Este conjunto de templos ficou famoso por conta das figuras escultóricas que representam as posições do Kama Sutra. Os templos construídos entre 950 e 1050 DC. Mas qual a razão para os indianos, hoje tão conservadores, criarem templos com imagens tão liberais? O assunto é controverso: há quem diga que a dinastia Chandela, que dominou essa região da Índia por quase 200 anos, era praticante do sexo tântrico. Uns dizem que o intuito era celebrar o casamento entre Shiva e Parvati, enquanto outros afirmam que elas seriam simplesmente uma manifestação em homenagem à vida e criação.
elfandarilha© Shutterstock



Templo Suspenso - Datong, China

Pendurado em um penhasco, templo foi construído em 1692, mas o local foi renovado em 1958 e 2005. Toda construção é em madeira, é um trabalho verdadeiramente extraordinário. É o único lugar de culto existente que abraça uma combinação de três religiões tradicionais chineses: são 40 salas todas decoradas com divindades do budismo, do confucionismo e do taoísmo. No interior, as esculturas de Sakyamuni, Confúcio e Laotzu aparecem juntas, o que é algo bastante incomum.



Templo Karni Mata - Deshnok, Índia

Este local sagrado foi construído para homenagear Karni Mata, uma das reencarnações da deusa Durga, que acreditava que seus familiares mortos voltariam à vida sob a forma de ratos. Os moradores da cidade crêem firmemente nessa lenda, e que a população de mais de 20 mil roedores são, de fato, os membros da família de Karni. De acordo com algum folclore local, um exército forte 20.000 desertaram uma batalha nas proximidades e veio correndo para Deshnoke. Ao tomar conhecimento do pecado de deserção, punível com a morte, Karni Mata teria poupado suas vidas, mas transformou-os em ratos, e ofereceu o templo como um futuro lugar para ficar. O exército de soldados expressaram sua gratidão e prometeram servir Karni Mata sempre.
elfandarilha© Shutterstock



Templo do David Beckham - Bangcoc, Tailândia

A capital tailandesa tem cerca de 400 templos (wats), mas nenhum deles é tão curioso como o Wat Pariwat, apelidado de "Templo do David Beckham" por uma razão incomum. No grande altar do local, um Garuda, uma daquelas criaturas aladas míticas, foi substituído por uma escultura dourada do famoso jogador de futebol inglês.
elfandarilha© Shutterstock



"Uma crença forte demonstra apenas a sua força, não a verdade daquilo 
que se acredita." - Nietzsche -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.