terça-feira, 28 de julho de 2015

Sabe conduzir à esquerda?


Há 60 países onde a condução é feita pela faixa da esquerda. Se for de férias para um destes destinos prepare-se para quebrar todas as rotinas ao volante, pois uma simples viagem pode tornar-se uma aventura.

Reino Unido, Austrália, Índia, Chipre, Tailândia, Malta e Jamaica são alguns dos exemplos, sendo também fortes destinos turísticos, onde o visitante tem quase de reaprender a conduzir.

elfandarilha



Ao sentar-se num carro com volante à direita, a primeira "batalha" vai ser habituar-se a ter a caixa de marchas do seu lado esquerdo, quando passou toda uma vida de motorista a fazer precisamente o contrário. Não se espante, por isso, com a quantidade de vezes que ao início vai sentir a sua mão direita a mexer involuntariamente na porta do carro, tentando colocar a marcha correta. Assim antes de sair para uma viagem deve praticar os movimentos. Uma solução mais fácil é optar por um veículo com caixa automática, já que é mais fácil adaptar-se.


elfandarilha
Um veículo de entregas do serviço postal canadense (Canada Post) com volante na direita. Espelhos adicionais foram colocados para aumentar a visibilidade.
No início é natural sentir alguma dificuldade em manter a distância do passeio ou dos carros estacionados à sua esquerda, mas basta guiar-se pelas marcações no centro da rua para minimizar os sustos. Enfrentar as rotatórias e cruzamentos é que é o verdadeiro calvário. Recorde-se sempre que deve fazer rotatória pelo sentido do ponteiro do relógio e que a saída se processa pelo lado esquerdo.

Já no caso de cruzamentos, a atenção deve estar em máximo alerta pois os primeiros tempos vai apanhar sempre sustos com carros que lhe surgem de lados a que não está mesmo habituado. E, mesmo quando nos habituamos, basta uma pequena distração para nos recordarmos que ali é diferente. O ideal, se possível, é imitar os carros da frente.

elfandarilha


No fundo, é como quando acabou de tirar a carta: conduza sem pressa e pense antecipadamente em todos os movimentos que vai ter de fazer.



"Quando vou a um país, não examino se há boas leis, mas se as que lá existem são executadas, pois boas leis há por toda a parte". - Barão de Montesquieu -




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.