segunda-feira, 13 de abril de 2015

Cria-se um nome, parece perfeito, até que ...


Em um empreendimento uma das ações mais importantes é a escolha da marca, mas as décadas passam, o mundo e as pessoas mudam. E às vezes aquele nome que era perfeito ganha um novo significado terrível ou totalmente desatualizado. A mudança é inevitável.

Em geral as companhias são aconselhadas a não mudar de nome, identidade visual e personalidade, mas há situações que não resta outra alternativa, a não ser a mudança.

A britânica MillwardBrown em pesquisa divulgou que marcas que fazem mudança de nome devem esperar por uma queda imediata nas vendas, oscilam entre 5% a 20%. Com o tempo a nova identidade poderá se fortalecer e novamente entrar na mente das pessoas.

Algumas marcas precisaram mudar: confira

Doces Ayds

Uma marca de doces dietéticos tinha um nome comum até 1981 e descobriu-se a Aids. Até 1987 parecia não haver inconvenientes, apesar de o nome Aids já ser mundialmente odiado. A empresa mudou o nome para Diet Ayds, mas não mudou muito, o doce acabou por desaparecer do mercado.



Aviação Malaysia Airlines

Duas tragédias em poucos meses era motivo suficiente para a empresa começar a pensar na mudança de nome. O primeiro, voo MH370 desapareceu em março de 2014, em julho o voo MH17 que foi abatido por um míssil na Ucrânia. O nome da companhia está muito proximamente ligada à tragédias e ao medo que os executivos já pensam em alterar tudo. O CEO Christoph Mueller quer, que até 2017 e após um gasto de 1,7 bilhão de dólares a companhia esteja totalmente reestruturada e isso poderá incluir a mudança total da identidade visual, incluído o nome.


http://search.creativecommons.org/


Roupas Hot Mama

A marca foi fundada em Minnesota por um casal e logo se tornou em uma cadeia de lojas, eram no total 48. Os donos sempre tiveram problemas: os clientes achavam que era uma loja direcionada à maternidade. E ainda haviam aqueles maliciosos que ligavam o nome à pornografia (Hot Mama no Google e percebe-se o tamanho da confusão). Acabaram por mudar para Everere.


Imagem daqui


Chocolate ISIS

Originalmente a marca de chocolate belga chamava-se Italo Suisse. Em 2013 decidiram mudar de nome e escolheram o nome ISIS. No ano seguinte o ISIS (Estado Islâmico) emergiu, mundiamente conhecido e detestado. Mais uma mudança no nome, a marca mudou para Libeert, da original só restou a coroa.


Imagem daqui


* As mudanças nunca ocorrem sem inconvenientes, até mesmo do pior para 
o melhor. - Richard Hooker - 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.