quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

A vila onde o sono se tornou um pesadelo


Em 2010 foram relatados os primeiros casos, vindo a agravar-se. O problema chamou a atenção do governo que enviou toxicologistas, virologistas e peritos, mas ainda não conseguiram resolver o mistério.


elfandarilha© Sábado

A cidade é Kalachi no Casaquistão, tem cerca de 600 habitantes e muitos começaram a perder a consciência e também adormecer de repente. Houve queixas de vertigens, perdas de memória e alucinações. E a idade não parece ser um diferencial já que crianças, adultos e idosos foram afetados.

Os adormecimentos são súbitos, mas já houve casos que duraram 6 dias. Para descobrir as razões foram feitos testes ao ar e ao solo bem como exames bacteriológicos e virais, exames de sangue às pessoas acometidas do "sono", sem nenhum resultado conclusivo.

Respostas não encontradas, as autoridades locais têm uma suspeita: radiação por exposição ao radão (ou rádon) (gás inodoro, insípido e indolor) resultado da desintegração de urânio, que quando inalado se torna altamente cancerígeno.


elfandarilha
© Sábado

Não são apenas casos de sonolências que foram verificados. Há casos de alguns residentes de Kalachi que são vítimas de alucinações. 
Margarita, uma criança de quatro anos, filha de Vera Kolesnichenko lhe disse chorando: "Mãe tu tens três olhos" e olhando sobre o ombro acrescentou que "Havia alguma coisa saindo do aquecedor", foi o suficiente para a jovem mãe de 31 anos tomar a decisão de imediatamente deixar a vila.

O problema existe e muitos estão dispostos a deixar a vila, ainda que não tenham para onde ir, algumas famílias onde aconteceram casos mais graves, foram retirados da vila. Autoridades pensam em evacuar a vila, mas há alguns que não estejam disposto a sair.

A cidade fica próxima à Krasnogorsk onde existia uma mina de extração de urânio, a região era controlada diretamente pelo Kremlin e foi para cá que após a II Guerra Mundial Stalin enviou muitos deportados. O Kremlin controlava diretamente esta região e a manteve fechada e secreta. Foi encerrada em 1991, mas sua proximidade de Kalachi pode ser a causa dos eventos estranhos agora conhecidos. 


elfandarilha © Sábado

O professor Leonid Rikhanov, da Universidade de Tomsk, na Rússia examinou amostras enviadas de Kalachi e tem certeza: "Os problemas são causados pela evaporação do gás que está na mina".

Sergei Lukashenko, que dirige o Centro Nacional de Segurança Nuclear afirma: "Isto não tem nada a ver com o radão". Opinião que não é defendida apenas por ele já que um antigo mineiro de Karsnogorsk, Vitaly contou sua experiência pessoal ao Siberian Times: "Quando descíamos à mina, a concentração de radão era muito alta e ninguém era acometido pela sonolência".

E a dúvida persiste!




* O sono é como uma outra casa que poderíamos ter, e onde, deixando a 
nossa, iríamos dormir. - Marcel Proust -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.