domingo, 18 de janeiro de 2015

Tours mais perigosos do mundo


Quando se fala em turismo, não há limites. Há passeios para todos os gostos. Os viajantes procuram o máximo de adrenalina e, pode-se dizer, arriscam suas vidas por uma experiência fora do comum. É o caso de quem vai para a Estrada da Morte, na Bolívia. Apesar de ser considerada uma das estradas mais perigosas do mundo, onde cerca de 300 pessoas morrem todos os anos, há diversas agências que organizam passeios de bicicleta ou ônibus para conhecer o local. Alguns garantem que são bem seguros, apesar das emoções fortes. É o caso do tour na travessia ilegal entre México e Estados Unidos.

Tour nos tornados, Estados Unidos

 height=
© Shutterstock

Quando os tornados são anunciados, a única coisa que vem na cabeça é se proteger. Porém, com a agência Silver Lining Tour as pessoas podem ficar frente a frente com esse fenômeno natural amedrontador. O casal Roger e Caryn Hill faz passeios com até 18 pessoas em ônibus para observar os tornados de perto. 


Estrada da Morte, Bolívia

 height=
© Shutterstock

Apesar de ser considerada uma das estradas mais perigosas e mortais do mundo, o percurso de 70 quilômetros que liga La Paz a Coroico é uma atração turística na Bolívia. Cerca de 200 a 300 pessoas morrem todos os anos ao viajarem nesse percurso. Apesar do risco e do caminho estreito e irregular, a vista é de tirar o fôlego. Além de viagens de carro e ônibus, muitas agências de turismo organizam tours de bicicleta, atraindo mais de 25 mil pessoas todos os anos.



Tour na estação de energia nuclear em Fukushima, Japão

 height=
© Creative Commons/naturalflow/Flickr

Mesmo o local ter sido palco do que é considerado o pior acidente nuclear desde Chernobyl, na Ucrânia, o governo da cidade de Fukushima organiza tours guiados pela estação de energia nuclear, explicando o desastre. Por mais que o nível de radiação marque uma taxa baixa, ainda é perigoso visitar o local.



Experiência em uma antiga prisão do Exército Vermelho, Lituânia

 height=
© Divulgação

Esse tour incomum feito pela empresa Soviet Bunker faz o visitante ter a experiência de como eram tratadas as pessoas presas pelo Exército Vermelho, na extinta União Soviética. Ou seja, elas são interrogadas, ameaçadas com cachorros e atores fazem com que sua vivência de três horas seja a mais assustadora possível. Antes de começar, os visitantes assinam um papel dizendo estar cientes de que "em caso de desobediência, os participantes podem receber punições físicas ou psicológicas.




Travessia ilegal entre México e Estados Unidos, México

height=
© Creative Commons/Hadley Paul Garland/Flickr

O passeio chamado de "La Caminata" faz com que os turistas vivenciem a adrenalina de cruzar a fronteira ilegal entre México e Estados Unidos. O tour de quatro horas atravessa o deserto durante a noite, saindo da pequena cidade de El Alberto, passando por supostos oficiais de imigração e agentes de patrulha. Diferentes das milhares de pessoas que passam pelo local, os participantes estão em segurança durante a experiência.



Bungee jumping em um rio infestado de crocodilos, Zâmbia e Zimbabue

 height=
© Shutterstock

Pular de bungee jump já é uma experiência cheia de adrenalina, mas fazê-la no Rio Zambezi pode ser ainda mais desafiador. As pessoas que pulam da Victoria Bridge - perto de uma das maravilhas naturais, a cachoeira Victoria Falls - ficam a poucos metros de águas infestadas de crocodilos. Apesar de ser considerado seguro, em 2012 uma australiana pulou e a corda arrebentou. Milagrosamente ela conseguiu nadar no meio dos predadores e sobreviver com apenas alguns arranhões.


Mineração com dinamites, Bolívia

© Shutterstock

Nesse tour, os participantes rastejam pelas minas apertadas e escuras carregando dinamites para vivenciar o trabalho dos mineiros da cidade de Potosí. Quando se instala os explosivos, as pessoas presenciam uma grande explosão. O tour extremamente perigoso é muito procurado por turistas que estão na região.



* Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento. - Clarice Lispector -


2 comentários:

  1. eu que show esse post! queria ver o tornado de perto rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser uma experiência inesquecível, é preciso muita coragem!

      Obrigada

      Excluir

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.