quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Reciclar, inclusive água




Reciclar água não é complicado, mas também não é tão simples quanto coletar água da chuva. O procedimento deve ser planejado e executado com cuidado de modo a cumprir exigências sanitárias, ambientais e legais.


1 - Verifique as normas e orientações da companhia de água. A reutilização da água não é incentivada em algumas áreas; em outras, sim.

2 - Não use água negra (proveniente de vasos sanitários, por exemplo), que contém altos índices de bactérias.

3 - Se não houver um sistema de purificação, utilize apenas a água cinza, originária de chuveiros, banheiras, pias e máquinas de lavar. Não use água da cozinha – ela contém gordura e sobras de comida que propiciam a proliferação de bactérias e atraem pragas.

4 - Restrinja o uso de água cinza sem tratamento à irrigação do jardim. Utilize água cinza tratada em descargas e na lavagem de roupas (a água do enxágue final da máquina de lavar poderá ser reutilizada na lavagem seguinte sem tratamento).

5 - Até a água cinza do banheiro e da máquina de lavar pode conter agentes que provocam doenças. Use a água de imediato, manipule-a com cuidado e lave as mãos em seguida.

6 - Nunca deixe a água cinza em contato com frutas e verduras que possam ser consumidas cruas.

7 - Certifique-se de que sua água cinza não escorra para terrenos vizinhos. Você pode ser responsabilizado por qualquer estrago ou doença decorrente disso.

8 - Busque a orientação de um encanador ou consultor com experiência em sistemas de reciclagem e normas e exigências locais.

9 - Cuide para que todos os moradores da casa e visitantes entendam os procedimentos e mostre como podem ajudar.

(Fonte: Salve o meio ambiente)




* Não jogue fora o balde velho até que você saiba se o novo segura água.
 - Provérbio sueco -




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo