sábado, 10 de janeiro de 2015

Miguel Horta e Costa constituído arguido no caso Mensalão no Brasil


elfandarilha
Foto arquivo SIC


O ex-presidente da Portugal Telecom, Miguel Horta e Costa, foi esta sexta-feira, 9 de Janeiro, constituído arguido (réu) no mensalão, no ano em que as denúncias no Brasil sobre este caso de corrupção completarão 10 anos em 2015.

Segundo avançou o DN, Horta e Costa foi ouvido no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e constituído arguido. A investigação foi aberta pelo Ministério Público na sequência de uma carta rogatória enviada pelas autoridades brasileiras para Miguel Horta e Costa.

O Diário de Notícias diz ter tentado contactar Paulo Sá e Cunha, advogado que representa Miguel Horta e Costa, sem sucesso.

A investigação já tem uns anos, mas voltou a estar na ordem do dia. Em causa estão as acusações por parte de responsáveis brasileiros de que a PT ajudou a financiar o Partido Trabalhista com 2,6 milhões de euros, durante o Governo de Lula da Silva. O publicitário Marcos Valério diz que este financiamento foi negociado por Lula da Silva e Miguel Horta e Costa, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Miguel Horta e Costa tem sempre desmentido esse financiamento.

Fonte: JN, DN, SIC




* Ninguém têm sentimento de culpa, apenas o medo de ser culpado. 
- Bruce Killer -


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.