terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Exclusivamente para ti, excelente 2015!




O ano de 2014 está prestes a chegar ao fim e a passar à história. À nossa história, que num determinado dia teve um começo e um dia também terá um fim.

A vida é selecionada de acordo com memórias e objetivos dependendo do propósito e do sentido (rumo) que escolhemos seguir, de acordo com as nossas decisões e convicções.

Façamos um o balanço de 2014. Foram 365 dias, passamos por crises: crise financeira, econômica, de valores, interesses e direitos sociais (democracia). Todavia, graças à crise, acordamos para a realidade, a nossa realidade, a realidade do nosso vizinho e a realidade da nossa sociedade. 

Aprendemos o preço da mudança imposta e imprevista; procuramos "refúgio" nos vínculos da família, dos amigos e fortalecemos os vínculos dos nossos aliados. Desafiamos os limites da nossa zona de conforto e surpreendemo-nos com a resiliência. Ao longo deste processo, as coisas não voltaram a ser como dantes, porque estamos em constante transformação; e viver é isso mesmo. Estamos todos no mesmo barco.

Três perguntas para responder e escrever em sua agenda. Sejamos honestos.

Quais os aspectos positivos e negativos do ano de 2014? Qual é o balanço final?

Quais foram as pessoas mais significativas de 2014?

Quais foram as metas e objetivos, ambição e sonhos que atingiu durante 2014?

Se considerar refletir sobre outros aspectos importantes da sua vida, faça-o segundo uma perspetiva construtiva, procure formas de se reinventar, no presente. Como humanos, estamos envolvidos num processo de mudança constante: adaptação, inovação e evolução.

Por falar em adaptação, inovação e evolução qual é o tipo de atividade que a faz ser feliz? Por falar em felicidade, quando você tinha 13 anos qual era o significado de felicidade, ainda é?
Exclusivamente para ti, um excelente 2015! Acima de tudo seja feliz, com aquilo que tem e com a pessoa que é.



* Feliz ano novo...feliz ano todo! De bons encontros, sorrisos e abraços. - Willian Tressmann - 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é sempre bem-vindo